depoimento-coaching-marina-corbaniO Coaching Vocacional não poderia ter entrado na minha vida em momento mais oportuno. Estava no terceiro ano do colegial, “atirando para todos os lados” no que diz respeito à escolha do curso que iria fazer como graduação. Uma ampla gama de áreas de atuação despertava meu interesse. No entanto, eu nunca havia analisado, de fato, a possibilidade de meu perfil se encaixar de modo produtivo em alguma delas. 

Neste panorama, as sessões de Coaching representaram caminhos fantásticos para o autoconhecimento e identificação de capacidades passíveis de serem aplicadas não só no campo profissional, bem como em outros âmbitos da vida. Assim, através do estabelecimento de perspectivas para o futuro e da identificação gradual (e de certa forma epifânica) de capacidades e traços vocacionais, fui capaz de elencar possibilidades de atuação profissional olhando “de dentro para fora”. Posso dizer que o Coaching me mostrou diversos caminhos que me ofereceriam sucesso, e coube a mim escolher uma das portas. Após traçar um objetivo claro com base nos meus interesses pessoais, foi bem mais fácil e prazeroso estudar para as provas de vestibular, as quais eu via como o primeiro desafio da jornada em direção ao alcance de meus objetivos.

Atualmente, encontro-me realizada no meu curso. Faço Ciências Biológicas, na Universidade de São Paulo. Devo às sessões de Coaching a capacidade que hoje tenho consolidada de olhar para outras possibilidades dentro da área que engloba meu curso, identificando vários caminhos possíveis de serem trilhados de modo a expandir meus conhecimentos e agregar experiências à minha vivência profissional e pessoal.
Marina Corbani

“Bom, primeiramente gostaria de agradecer a oportunidade de ter realizado esse trabalho com a Ana Silvia Lepri que me ajudou a trilhar um caminho importante rumo à faculdade que eu tanto almejava por meio do coaching vocacional. O processo aconteceu em torno de 1 ano e um dos fatores presentes quase que em todos nossos encontros foi o desenvolvimento do autoconhecimento; através dele foi possível  aprimorar meus pontos fortes, diminuir os pontos fracos, focar no que me fazia ser mais produtivo, evitar as influências negativas e trabalhar com mais paciência e sabedoria nas futuras escolhas que eu viria à fazer. Com as inúmeras dicas e conselhos de que eu teria que seguir meu sonho independente de quanto tempo isso iria demorar, consegui realizar um dos meus objetivos: passar em Eng. Mecânica na UFSCAR. O coaching não serviu apenas para que eu escolhesse o curso que combinaria comigo, mas sim pra amadurecer minhas ideias e fazer com que eu me conhecesse melhor, independente do que outras pessoas pensariam sobre minhas decisões ou comportamentos.”
Rafel Bueno

“O coaching vocacional serviu para que eu pudesse abrir os olhos e ver a quantidade de possibilidades e caminhos lindos abertos e disponíveis à minha frente. Existem, claro, as revistas Guia do Estudante (e afins) para vermos uma lista de infinitas possibilidades de cursos e carreiras, mas o coaching me fez senti-las”
Marina Bittar

“Você me ajudou a encontrar o caminho, eu segui ele e estou adorando o curso.”
Gabriel Handfest

“Quando comecei a fazer o coaching, não esperava muita coisa. O começo confesso foi difícil, eram muitas teorias a entender, e ouvir , mas a Ana sempre nos motivava, e explicava que era só um estágio do processo. Muitos desistiram ao longo do caminho, e diversos deles me indagavam pelo fato deu ainda continuar, uma vez que não viam resultado. Mas creio que esse era o passo decisivo, como se você se encontrasse na beira de um precipício e um passo pra frente ou pra trás faz total diferença no seu futuro. Bom, continuei, pois entendi que aquilo era preciso, pra que eu pudesse compreender melhor o que viria nos próximos passos. Veio então o auto conhecimento. Sem dúvidas a chave, que me fez enxergar as coisas de uma maneira diferente. Esse estágio não é por todo fácil uma vez que assumir falhas, e encará-las é difícil, mas a Ana sempre vinha amparando, nos mostrando também como podíamos mudar isso. E assim, aplicando pude perceber nos detalhes a mudança. Vale muito a pena, não me arrependo em nenhum momento de ter ouvido cada teoria, de ter tirado algum tempo da minha vida pra encarar minhas limitações com o coaching. O processo requer esforço, mas traz muita recompensa!”
Tatianne Ferreira Neves

Em primeiro lugar eu acho que me ajudou muito no processo de autoconhecimento, pois antes de decidir uma profissão devemos ter conhecimento de nós mesmos para saber com o que iremos lidar. O coaching também foi muito importante para ajudar a encontrar os valores que queremos alcançar em nossa vida com a nossa profissão.
Lívia Betini

Primeiramente quero te agradecer muito por esse ano de acompanhamento, eu aprendi a lidar com minha ansiedade e minhas emoções. Não só na hora dos vestibulares mas também nas dificuldades do dia a dia. O que utilizei na hora das provas foi: chegar mais cedo na sala, me acalmar e fazer a respiração e sempre que não sabia uma questão eu respirava até me acalmar e voltava para responder. Utilizei os critérios que fizemos em sala pra analisar a faculdade em que consegui passar, pra ver se encaixava realmente com aquilo que queria… Bom, eu acho que me ajudou mais na questão da ansiedade e pra ter certeza na profissão em que tinha decidido. Obrigada Ana. Até minha personalidade e minhas atitudes eu comecei a reparar mais e o que não era bom estou tentando melhorar!!
Brenda Dumbra

Antes do Coaching Vocacional, eu me encontrava muito desmotivada e insegura quanto a área acadêmica que eu gostaria de iniciar; deixava meus medos falarem muito mais alto do que as minhas vontades pessoais; sentia culpa por muitas coisas que me aconteceram e sentia incapacidade de entrar numa boa instituição de ensino superior.

O Coahing Vocacional me proporcionou conhecimento interior; sabedoria para lidar com diversas situações; interação em grupo; coragem; a identificação das características que possuo e saber liberar o perdão as pessoas.

O Coach Ana Silva Lepri me auxiliou demais, pois dava para perceber que a Ana tinha orgulho pelo que fazia, sempre preparava tudo com muito carinho, trazia exemplos do cotidiano, estava disposta em ouvir e nos ajudar em todo momento. No instante que mais precisei, ela foi muito paciente para me ouvir e me ajudar a identificar o que o meu coração necessitava.

Minha sugestão é que pudesse haver mais sessões de coahcing, para que as pessoas adquirissem o conhecimento pessoal, que muitas acreditam que não é necessário, porém é fundamental!
Jheniffer Mendes

O processo em si é especial, é uma caminhada onde no final somos premiados com o auto conhecimento e, a partir desse auto conhecimento podemos seguir o rumo para a vida em que queremos. O coaching permitiu que eu me conhecesse e trouxe,através de métodos adequados, o meu plano para meu futuro. Tudo muito bem elaborado e explicado por Ana Silvia que representou mais do que uma Coach, mas como mentora e orientadora. Ao final , consegui responder a pergunta mais importante de minha vida, descobri oque eu queria ser.
Gabriel Sabino