Temos visto em muitas empresas profissionais experientes que, por falta de um acompanhamento adequado, fizeram uma escolha de formação ou início de carreira voltada para áreas que não eram relacionadas com suas vocações e afinidades. Suas escolhas acabaram sendo contaminadas por outros fatores, como a influência de pessoas da família e amigos, a expectativa de mercado e remuneração de determinadas profissões, ou mesmo por pouco conhecimento de todas as opções existentes.

Algumas vezes, estes profissionais conseguiram atingir um padrão de renda satisfatório, porém não se sentem realizados com o que fazem. Ficam numa difícil encruzilhada: começar de novo, com um provável nível menor de renda, ou manter-se na posição alcançada, porém sentindo-se infelizes?

Passar por um processo de Coaching Vocacional antes de iniciar ou direcionar a carreira profissional é a maneira mais eficaz de evitar essa situação. Utilizando metodologia e ferramentas especificamente preparadas para este trabalho, o Coach irá auxiliar o jovem iniciante a identificar e explorar seus maiores potenciais de talentos e realizações, e alinhá-los ao seu futuro no mercado de trabalho.

Mas, afinal, o que é Coaching Vocacional? Bem, vamos por partes. Coaching é um processo de desenvolvimento pessoal, no qual o profissional (Coach) conduz o cliente (Coachee) a refletir sobre seus objetivos e identificar atitudes que deva tomar para atingi-los. Vocação é a identificação da área profissional que permite a cada pessoa expressar sua missão de vida, ou seja, a atividade que irá proporcionar a satisfação máxima ao indivíduo quando este a estiver exercendo. Portanto, Coaching Vocacional é o processo que conduz o cliente a identificar sua missão de vida, e qual, ou quais, as profissões que irão possibilitar sua realização pessoal e profissional.

A partir destes conceitos básicos, a importância do Coaching Vocacional fica evidente. Com a orientação adequada no momento certo – antes de escolher qual curso técnico ou superior fazer, por exemplo – a possibilidade do indivíduo se conduzir à carreira profissional que lhe proporcione a maior realização pessoal se torna muito maior, até mesmo total. E uma pessoa que se sente realizada na atividade profissional que exerce faz seu trabalho com prazer e amor, e irá atingir melhores resultados, inclusive financeiros.

Afinal, quão importante pode ser um processo que conduzirá um jovem a um futuro de felicidade no trabalho que vier a exercer? Sinceramente? Sem dúvida: 100%!!